Itens no carrinho

Nenhum item no carrinho.

Total R$0,00

Finalizar compra

Continuar comprando

Pós-GraduaçãoEspecialização em BIM - Implementação para obras públicas

Formação de gestores públicos alinhados aos processos, princípios e práticas BIM para desenvolvimento de empreendimentos integrados, otimizados e aderidos as exigências e prerrogativas BIM.

Público Alvo

Arquitetos(as), Engenheiros(as) e gestores públicos que almejam tornar-se gerentes de projetos em BIM e aderir em seu rol de atividades a atuação com obras públicas, logo, aqueles profissionais que necessitam entender o conjunto de exigências normativas e técnicas para estarem aptos a atuar nesse segmento, seja para abertura de escritório próprio, gerenciando equipes remotas ou administração de escritório já formado pela atual empresa onde este profissional trabalha.  

Sobre o Conteúdo

Capacitar o profissional a especificar e coordenar projetos de obras públicas de acordo com a metodologia BIM e repassar as instruções, tanto no âmbito das exigências normativas quanto das características técnicas e tecnológicas. Permitir organizar as informações do projeto e obter um melhor controle dos agentes envolvidos na construção de obras públicas, através do domínio de processos de implementação do BIM alinhados com as exigências legais.     

Objetivos da Pós-graduação

  • Capacitar profissionais nas premissas fundamentais da metodologia BIM, premissas essas que irão fornecer habilidades para gerenciarem o desenvolvimento de obras em BIM considerando os aspectos de integração entre os sistemas construtivos, tornando-os capazes de realizar a devida interoperabilidade entre as disciplinas de projetos;
  • Repassar os conceitos sobre o processo de contratação de obras e projetos públicos em BIM e especificar quais são os diferenciais para obtenção dos termos de referência de obras e projetos em BIM;
  • Destacar quais as implicações da nova lei de licitações, apresentar a relação de normativas que impactam no termo de referência para projetos em BIM e repassar conhecimento acerca dos requisitos de entrega dos modelos IFC e os processos aplicáveis em obras públicas;
  • Apresentar os procedimentos necessários para elaboração de Termos de Referência claros e completos, que minimizem a ocorrência de aditivos contratuais de projeto ou construção, destacando os aspectos relevantes para gestão de contratos, auditorias internas e externas;

Funcionamento da pós 

  • Curso 100% EAD com interações ao vivo com professores especialistas; 
  • Soluções AltoQi inclusas: Licença de uso educacional do AltoQi Cloud, AltoQiBuilder, AltoQiVisus e AltoQiEberick durante a realização da pós-graduação, de acordo com as demandas das disciplinas;
  • A matriz curricular está organizada em 12 (doze) disciplinas de 30 horas cada;
  • Essas 12 disciplinas estão distribuídas em 4 módulos, ou seja, 3 disciplinas por módulo;
  • Os 4 módulos são os seguintes: Módulo 1 - Fundamentos do BIM; Módulo 2 - Principais usos do BIM; Módulo 3 - Processos BIM e Módulo 4 - Contratação e recebimentos de projetos em BIM;
  • Além disso, está previsto o desenvolvimento de um TCC com carga horária prevista de 40 horas;
  • A duração da pós é de apenas 1 ano;
  • Professores atuantes no mercado vão te acompanhar e compartilhar o que você precisa saber para atuar como gerente BIM. 

Pontos fortes 

  • Aprenda em 12 meses o caminho para implementar BIM no gerenciamento de obras públicas;
  • Aulas que se encaixam na sua rotina;
  • Uma disciplina por mês;
  • Tutoria personalizada com a realização de encontros ao vivo semanais para cada uma das 12 disciplinas;
  • Interações ao vivo semanais com palestrantes que apresentarão cases do mercado;
  • Trabalho de conclusão de curso desenvolvido durante a especialização;
  • Fórum, grupo da turma e ambiente tira-dúvidas
  • Bônus: acesso aos conteúdos AltoQi Education

Aprendizado na prática

Licenças das soluções AltoQi, de acordo com as demandas das disciplinas:

  • AltoQi Cloud: Plataforma OpenBIM, para gerenciar processos e projetos desde a concepção até a entrega da obra; 
  • AltoQiBuilder: Software de projetos de instalações prediais;
  • AltoQiVisus: Software para orçamento e planejamento integrado ao fluxo de desenvolvimento de projetos BIM;
  • AltoQiEberick: Software de modelagem, análise, dimensionamento e detalhamento de projetos estruturais.

Referências do mercado unidas pela qualidade de ensino  

AltoQi – A Tecnologia da Construção: Líder nacional em soluções tecnológicas para projetos de edificações com metodologia BIM alinhada às normas brasileiras, reunindo mais de 30 anos de atuação e 60 mil usuários.  

AltoQiEducation – A Escola de Engenharia e Arquitetura: Há mais de 20 anos à frente do ensino da construção civil brasileiro, com mais de 100 mil matrículas em capacitação de profissionais. Com uma plataforma de ensino própria, aliada a uma metodologia de ensino exclusiva, conquistamos índice acima de 90% de satisfação entre os alunos.  

Cesusc - Complexo de Ensino Superior de Santa Catarina: A Faculdade CESUSC há 21 anos oferece ensino diferenciado, tendo alguns de seus cursos sendo considerados os melhores da região, com reconhecimento do MEC e de instituições competentes. Com visão interdisciplinar voltada para a transformação do social, tem compromisso com outras realidades e a comunidade à sua volta. 

Conteúdo Programático

Módulo 1 - Fundamentos do BIM

Objetivo: 

Proporcionar ao gestor de projetos conhecimento sobre as premissas básicas de cada sistema construtivo envolvidos na construção de um empreendimento, além de realizar uma contextualização sobre os potenciais do BIM, as vantagens da aplicação dos processos BIM e os desafios envolvidos na implementação. 

Disciplinas:

1.1 Conceitos iniciais sobre BIM 

  • Apresentar premissas e conceitos da metodologia BIM fundamentais para o alinhamento e a compreensão do conceito BIM;
  • Saber os principais benefícios ao se implementar o BIM;
  • Compreender os principais desafios ao implementar o BIM;
  • Conhecer as principais tendências de usos do BIM;
  • Apresentar as principais tecnologias e ferramentas utilizadas em um contexto BIM.

1.2 Integração dos sistemas construtivos e interoperabilidade I 

  • Repassar as necessidades básicas dos projetos de arquitetura, ar condicionado, elétrica (cabeamento estruturado e SPDA) e hidráulica (gás, sanitário e preventivo de incêndio) e a influência dessas necessidades nas demais disciplinas;
  • Apresentar as fases de projeto conforme as necessidades de cada disciplina de acordo com a metodologia BIM;
  • Ensinar quais os procedimentos a serem realizados na integração com os demais agentes, quais informações obter e repassar para minimizar ao máximo os efeitos da interferência entre as disciplinas, ou seja, ampliar a compatibilização e minimizar os conflitos;
  • Apresentar quais as tecnologias construtivas disponíveis para as soluções arquitetônicas e de instalações elétricas, hidráulicas e de ar-condicionado e, a partir disso, ampliar o rol de possibilidades e soluções de projeto visando sempre a integração entre esses projetos;
  • Proporcionar entendimento acerca da importância da definição de espaços de acordo com as informações requeridas e influência da interface com as outras disciplinas.

1.3 Integração dos sistemas construtivos e interoperabilidade II 

  • Repassar entendimento acerca das necessidades básicas do projeto estrutural, sistemas construtivos e a influência de suas necessidades nos demais projetos;
  • Apresentar cada uma das fases de desenvolvimento do projeto estrutural conforme as necessidades do projeto integrado de acordo com a metodologia BIM;
  • Repassar quais os procedimentos realizar, quais informações obter e repassar para minimizar ao máximo os efeitos da interferência entre as disciplinas, ou seja, ampliar a compatibilização e minimizar os conflitos;
  • Proporcionar domínio técnico para realização dos procedimentos de interoperabilidade através do uso de softwares de engenharia, arquitetura, coordenação, validação, 4D e 5D;
  • Fornecer conhecimento sobre a estrutura técnica do modelo IFC.
Módulo 2: Principais usos do BIM

Objetivo:

Demonstrar todas as possibilidades de utilização dos processos BIM em termos de fases de utilização: desenvolvimento, orçamento, planejamento, entre outros, desde as fases de utilização mais tradicionais até as aplicações inovadores e abrangentes, bem como, os potenciais de cada um desses usos e as ferramentas computacionais disponíveis para viabilização. 

Disciplinas:

2.1 Tipos de usos do BIM e requisitos de modelagem 

  • Explicar quais os usos pretendidos do modelo BIM, bem como, cada uma das fases de modelagem das informações;
  • Apresentar as necessidades de informação para os usos 3D, 4D, 5D, 6D e 7D;
  • Especificidades sobre as fases de modelagem das informações, ou seja, definições de quais fases de projetos as informações são modeladas;
  • Realizar os passos elencados acima para cada uma das disciplinas, ou seja, arquitetura, elétrica, climatização e linhas hidráulica e elétrica;
  • Não apenas repassar o conhecimento necessário para realização das devidas modelagens, como também o entendimento acerca da importância desse passo e do nível de detalhamento para o desenvolvimento colaborativo do projeto e necessidades de informação, conforme prevê a metodologia BIM.

2.2 Orçamento BIM e planejamento 

  • Repassar noções de BIM para orçamento e planejamento;
  • Através da realização de exercícios práticos proporcionar domínio sobre os procedimentos relacionados a estimativa de custos e refinamento;
  • Apresentar os procedimentos adequados, integrados e otimizados para geração de gráficos e relatórios;
  • Repassar conceitos fundamentais sobre planejamento de acordo com a metodologia BIM e através das ferramentas computacionais alinhadas ao BIM;
  • Detalhar informações sobre BIM aplicado em planejamento de obras públicas;
  • Apresentar conceitos iniciais relacionados a medição e fiscalização de modelos em BIM.

2.3 Checagem e aceitação dos modelos 

  • Repassar conhecimento necessário para operar ferramentas computacionais destinadas a checagem e aceitação dos modelos virtuais, tais como Navisworks, Solibri, AltoQi Check;
  • Apresentar os conceitos de compatibilização, análise visual, soft e hard clash;
  • Conceitos de MD, checagem automática e validação;
  • Através da demonstração de cases reais ressaltar o conhecimento técnico necessário para realização das rodadas de compatibilização e validação dos modelos.
Módulo 3 - Processos BIM

Objetivo:

Apresentar o conjunto de estruturas organizacionais, ou seja, procedimentos, métodos e políticas, que precisam ser adequadas e aplicadas pelo gestor para que ele consiga fazer uso do potencial de cada nível de detalhamento e utilização BIM que deseja aplicar em seu projeto. O principal objetivo desse módulo é ensinar como estruturar processos eficientes para implementação do BIM. 

Disciplinas: 

3.1 Fluxos de desenvolvimento de projetos em BIM e gerenciamento 

  • Apresentar a rotina de trabalho adequada para considerar a integração entre as disciplinas alinhadas ao fluxo BIM;
  • Realizar apresentação inicial do conceito do Plano de execução BIM envolvendo as diretrizes a serem seguidas para desenvolvimento de um projeto colaborativo;
  • Fornecer os conceitos de gerenciamento e coordenação aplicáveis ao desenvolvimento de um projeto colaborativo;
  • Exemplificação de itens que influenciam o gerenciamento de projetos;
  • Apresentar o rol de normas BIM e os conceitos de níveis de maturidade.

3.2 Estratégias de Implementação BIM 

  • Procedimentos para entender a estrutura organizacional de sua empresa no atual estágio, ou seja, seu atual nível de maturidade;
  • Apresentar os passos a serem seguidos para implementação da metodologia;
  • Saber como definir os usos BIM desejáveis, as plataformas e softwares necessários para aderir a metodologia BIM;
  • Apresentar os documentos BIM (BIM Mandate, PEB, PIR);
  • Capacitar os alunos para montagem de um plano de execução para implementação da rotina BIM para desenvolvimento de projetos;
  • Identificar pontos importantes para um diagnóstico e definição de novo processo;
  • Definir a relação de templates, bibliotecas e objetos BIM necessários de acordo com os objetivos definidos;
  • Trazer cases de implementações aplicadas.

3.3 Montagem de equipes e construção das documentações BIM 

  • Construção das documentações demonstrando a importância dos documentos, itens que devem fazer parte e exemplos aplicáveis; 
  • Construção de um BIM Mandate; 
  • Documentações aliadas a ISO 19650 (PIR, TIDP); 
  • Desenvolvimento de um Plano de Execução BIM. 
Módulo 4 - Contratação e recebimento de projetos em BIM

Objetivo: 

Apresentação do conjunto de exigências normativas para contratação e desenvolvimento de obras públicas alinhados com os processos BIM, bem como os procedimentos para elaboração dessas documentações e assim viabilizar fases de contratação de projetos e obras, pagamento, análises dos processos, ensinando a partir de demonstrações práticas, com base em cases reais. 

Disciplinas: 

4.1 Elaboração de termos de referência para obras públicas 

  • Conceitos sobre o processo de contratação de obras e projetos públicos em BIM;
  • Apresentar quais são os diferenciais para obtenção dos termos de referência de obras e projetos em BIM;
  • Destacar quais as implicações da nova lei de licitações;
  • Apresentação da relação de normativas que impactam no termo de referência para projetos em BIM;
  • Repassar conhecimento acerca dos requisitos de entrega dos modelos IFC e processos aplicáveis;
  • Apresentar os procedimentos necessários para elaboração de TR’s claros e completos, que não deixem margem para aditivos contratuais de projeto ou construção;
  • Destacar aspectos relevantes para gestão de contratos, auditorias internas e externas.

4.2 Execução, fiscalização e As Built de projetos e obras em BIM 

  • Apresentar procedimentos adotados na execução e fiscalização de projetos e obras em BIM;
  • Demonstrar a relação de itens importantes para realização de As Built de obras em BIM;
  • Proporcionar conhecimento acerca das tecnologias aplicadas na execução e fiscalização das obras e projetos;
  • Apresentar cases onde a tecnologia BIM já está aplicada nas fases de obra e fiscalização.

4.3 Aplicação do BIM em reformas e retrofits 

  • Apresentação das tecnologias BIM aplicáveis a obras de reforma e retrofits;
  • Destacar quais são os pontos importantes e adaptações no fluxo de projeto para desenvolvimento de obras de reforma;
  • Pontos importantes para fiscalização das obras de reforma em BIM;
  • Procedimentos para operar as ferramentas computacionais usualmente utilizadas em projetos de reforma e retrofit.
Trabalho de conclusão de curso - TCC

Objetivo:

Prática de execução de um projeto integrado, que será realizado em 4 partes, cada uma dessas partes será apresentada e desenvolvida ao final de cada módulo. O trabalho será realizado em grupo onde serão estabelecidos desafios relacionados aos assuntos tratados nas disciplinas daquele módulo e serão avaliadas as soluções dos conflitos dadas pela equipe do projeto integrado.

Formato

  • Prazo de Conclusão 365 dias
  • Carga Horária 400 horas
  • Certificado Digital após conclusão
  • Certificado Impresso após conclusão
  • Material Didático  
  • Fórum  
  • Tira Dúvidas  

Perguntas Frequentes

Como a pós será apresentada?
O programa da pós-graduação é dividido em 4 módulos, com um total de 12 disciplinas, com 30 horas cada e o Trabalho de Conclusão de Curso, com 40 horas, totalizando 400 horas. Além disso, as aulas são gravadas e remotas, com encontros ao vivo semanais e tutorias no ambiente de aprendizado. Os encontros ao vivo acontecerão em dias úteis, e as aulas e interações que forem ministradas ficarão disponíveis para você acessar quando quiser.
Como funciona o sistema de avaliações?
Quanto às avaliações, cada disciplina possui uma característica específica. As avaliações podem ser feitas por meio de questionários, atividades práticas, trabalhos individuais ou trabalhos em grupos. Todas as avaliações ocorrem via plataforma de ensino. Caso seja um questionário, este terá um período de tempo específico para a realização. No caso dos trabalhos, estes terão uma data específica para a entrega e o aluno envia o trabalho digitalmente via plataforma de ensino.
Como funciona o trabalho de conclusão do curso?
Ao final de cada um dos 4 módulos será realizada uma interação para construção e desenvolvimento do TCC, que ocorrerá de forma gradativa ao longo da pós.
Há utilização de software na Pós?
Sim, o curso possui aplicação prática de soluções de software Alto Qi, para as quais os alunos terão licença de uso durante o período da especialização de acordo com as demandas das disciplinas.
O que vou aprender na “Especialização em BIM - Implementação para obras públicas”?
Você vai aprender a especificar e coordenar projetos de obras públicas de acordo com a metodologia BIM, organizando as informações dos projetos e obtendo um melhor controle dos agentes envolvidos na construção de obras públicas, através do domínio de processos de implementação do BIM alinhados com as exigências legais. Outro ponto importante é que você vai entender as especificidades e características de obras públicas e como deve ser a utilização do BIM para esse tipo de obra. Também irá aprender a especificar as diretrizes de modelagem das informações advindas das diversas disciplinas envolvidas e, a partir do modelo virtual, realizar etapas relacionadas a planejamento, orçamento, elaboração e fechamento de contratos, considerando os requisitos e peculiaridades da metodologia BIM. Além disso, você vai entender melhor a relação entre teoria e prática, serão repassados os procedimentos operacionais necessários para deixar de atuar da forma tradicional e implementar a metodologia BIM em sua rotina de trabalho. Ou seja, ao concluir a especialização você terá todo o conhecimento necessário para se tornar um gerente de projetos BIM.
Para quem esta pós-graduação é indicada?
Para Arquitetos(as), Engenheiros(as), Gestores(as) públicos, Tecnólogos (as) em áreas relacionadas à construção civil e profissionais que desejam tornar-se gerentes de projetos em BIM ou que almejam aderir em seu rol de atividades a implementação BIM em obras públicas.
Quais são os pré-requisitos para o curso?
Ter graduação em cursos superiores em áreas relacionadas à construção civil, como engenharias e arquitetura, e/ou na área de gestão pública, como administração, contábeis e finanças, que sejam reconhecidos pelo MEC.
Qual a documentação necessária para inscrição na Pós?
Cédula de identidade; CPF; Comprovante de residência; Diploma de Graduação (frente e verso); Assinatura do contrato on-line; Os documentos devem ser enviados on-line, digitalizados em formato PDF, no momento da inscrição no curso de pós-graduação. E para alunos egressos da Cesusc, bastam cópias de identidade e CPF.
Quanto tempo preciso dedicar para um bom aproveitamento e a conclusão da pós?
Para um bom aproveitamento dos conteúdos e conceitos apresentados nas aulas, sugerimos que você dedique cerca de 10 horas de estudo por semana, distribuindo essa dedicação para realização de aulas gravadas, encontros ao vivo, realização de exercícios e atividades avaliativas. Mas, você fica livre para decidir quais são os melhores dias e horários conforme a sua rotina.
Será disponibilizado algum material didático de apoio?
Sim. Cada disciplina irá fornecer seu conjunto de materiais, que será composto por apostila e demais artigos e documentos complementares utilizados e apresentados ao longo da disciplina. Além disso, as aulas e gravações das interações ao vivo que forem ministradas ficarão disponíveis para acesso posterior.
expand_less
×

Permito o uso de cookies

Lorem ipsum dolor sit amet, consectetur adipiscing elit. Nam eu velit ac magna dapibus mollis at eu metus... Ler Mais
Aceitar